Estilos diferentes de Rock: STONER ROCK, CROSSOVER E DEATH ROCK

Confira também esta matéria em áudio!

Como já foi dito inúmeras vezes, é quase impossível enumerar todos os sub-estilos do Rock, já que passado 60 anos, há muitas misturas e influência dentro do rock, ou até mesmo com outros e estilos musicais são muitos. Quem diria um dia que a mistura de funk com metal daria certo, ou rock com musica eletrônica e rap? Mas existem três estilos que resolvemos destacar, são eles: Stoner Rock, Crossover e Death Rock, pois todos já ultrapassaram décadas e não têm espaço na mídia, isso sem dizer de certas duvidas e controvérsias para afirmar qual é a pegada da banda, já que hoje existe tantos que às vezes confundimos. Mas saiba um pouco sobre eles:
 

Stoner Rock:


Podemos afirmar que a mistura do Hard Rock setentista: Black Sabbath, Mountain, Blue Cheer; junto com o pré-punk de Detroit: Stooges e MC5. Riffs graves e lentos, com uma influencia psicodélica e lisérgica. Hoje o estilo está mais pesado e algumas bandas são chamadas de Stoner Metal, para muitos o Hard Rock americano dos anos de 1980, e as atuais bandas de Doom Metal tem também a ver com o estilo, veja algumas bandas que levaram o nome do movimento:

Kyuss:
Com influências do heavy metal e do punk rock, a banda foi formada em Palm Springs, Califórnia em 1989 sob o nome de Katzenjammer (mais tarde nome de uma canção do álbum Wretch) composta por John Garcia (vocal), Josh Homme (guitarra), Brant Bjork (bateria) e Nick Olivieri (baixo – que também tocou no Queens of the Stone Age). Para muitos eles são a banda mais pura de Stoner.

Nebula:
A banda já lançou quatro álbuns de estúdio e já excursionou pelo Brasil. Eles que desde 1997 levam o seu rock psicodélico sem perder a pegada Stoner.

Cathedral:
É um grupo de Coventry, Inglaterra. Nos antigos álbuns a banda mesclava o doom metal extremamente lento, possuindo forte influência do grupo Black Sabbath.

Down:
Para muitos eles são considerados southern rock / metal. Formada em 1991, a banda é composta de Phil Anselmo (ex-vocalista dos Pantera e dos Superjoint Ritual), Pepper Keenan (guitarrista e vocalista de Corrosion of Conformity), Kirk Windstein (guitarrista e vocalista de Crowbar), Rex Brown (ex-baixista de Pantera), Jimmy Bower (baterista de Crowbar e guitarrista do Superjoint Ritual e Eyehategod) e Todd Strange (Crowbar), eles tem um conceituado álbum com o nome de NOLA.

Queens of the Stone Age:
A banda lançou diversos singles e EPs. Com o primeiro álbum, eles procuram uma abordagem mais conceitual. Suas letras foram centradas na mídia dos anos de 1990. A natureza das canções do álbum atraíram críticas de grupos familiares, que foram contra as letras em que se discutiam assassinato, sexualidade e suicídio. Apesar desta controvérsia, o All Music Guide mencionou o álbum como sendo o ‘renascimento do real rock de guitarra’, sendo fãs assumidos de Nirvana e Led Zeppelin, para muitos eles são considerados pós-grunge.

Wolfmother:
Em 2004, Wolfmother começou aparecer em diversos eventos musicais. O primeiro single lançado foi Mind’s Eye / Woman, apresentaram-se no famoso festival T In The Park na Escócia, ganhando um grande público britânico. A banda recebeu o Grammy de 2007 para melhor desempenho de Hard Rock pela canção ‘Woman’. A mistura de psicicodelismo, hardrock, heavy metal e principalmente Stoner Rock, fazem dos australiano a sensação do rock na atualidade.

Entombed:
Hardcore punk, thrash metal, stoner rock e doom metal. Isso tudo é o que os suecos do Entombed costumam citar em relação as suas influencias, mesmo assim a maioria dos fãs da banda costuma ser o publico Death Metal, por isso e que a imprensa considera – os Death ‘n’ roll.

Fireball Ministry:
Depois de vários anos tocando com grandes bandas (Danzig, Anthrax, Motörhead, Slayer), eles acabam desenvolvendo seu próprio som e rapidamente ganham fiéis seguidores. Desde 1997 eles fazem um Stoner Rock / Metal de qualidade.

Orange Goblin:
A banda foi formada no ano de 1995 com o nome Our Haunted Kingdom. Seus três primeiros álbuns vinham em uma linha mais Stoner Rock / Doom Metal, até 2004 onde mudaram para uma sonoridade mais agressiva, com influências de Punk Rock. Apesar da mudança de sonoridade, a banda tem status de cult no underground mundial, junto com bandas lendárias como Electric Wizard e Iron Monkey. São o nome mais forte do Stoner Rock / Metal do Reino Unido.


Crossover:


Inicio dos anos 80, o Thrash metal e o Hardcore dividem espaço no mundo, algumas bandas resolvem misturar os dois sub-estilos, o que acabou resultando uma revolta entre os punks mais radicais, pois não aceitavam aliança com o Heavy Metal, o Crossover se identifica com muitos solos e palhetadas abafadas.

Algumas bandas:

Bad Brains:
Eles já foram chamados de a banda punk mais criativa de todos os tempos que, com muita simplicidade, revolucionaram o cenário musical para sempre! O Bad Brains era um conjunto de reggae e jazz surgida em 1976, inspirada em Bob Marley. O grupo queria inovar, mas não sabia como, em 1977, eles começaram a ouvir de Sex Pistols a Led Zeppelin, mas os discos de punk / hardcore sempre foram os preferidos. Apenas em 1978 passaram a chamar Bad Brains, com o tempo colocaram influências do Heavy Metal em sua musicas, foi ai que se identificaram com o estilo Crossover. Lembrando que eles são uma banda Punk Rock.

Suicidal Tendencies:
Formada por skatistas na década de 1980. Liderada pelo vocalista Mike Muir, uma banda que sempre sofreu preconceito da censura americana, mas sempre fizeram um crossover de respeito. Se apresentaram no Brasil pela primeira vez em 1994.

D.R.I.:
Banda norte-americana do Texas, formada por Kurt Brecht (vocal) e Spike Cassidy (quitarra) na metade dos anos de 1980. Sem dúvida, são os criadores do estilo Crossover. Suas letras criticam o estilo de vida das pessoas e os governantes do mundo, eles não poupam peso e velocidade. Entre os fãs da banda estão Slayer e Napalm Death.

Corrosion of Conformity:
Formada no começo dos anos de 1980, o Corrosion Of Conformity, ou simplesmente C.O.C, apesar de puxar mais para o Heavy Metal, é sempre lembrado como Crossover. A banda não tem a popularidade do D.R.I. e Suicidal Tendecies, mais é uma verdadeira máquina de peso!

Agnostic Front:
Para muitos os novaiorquinos do Agnostic são a banda mais amada do Hardcore. Assumidamente não curtem heavy metal, mas a galera do metal adotou a banda, já que o seu som com o passar do tempo, sofreu influencia do som pesado, merece ser citado na coluna do Crossover. O grupo sempre teve a sua paixão na musica e nas tatuagens.

S.O.D.:
Projeto de músicos do Testament com o Anthrax, sempre atraiu mais a galera do Thrash. Eles apavoram com seus riffs secos, como diz a banda ‘Speak English or Die’ a verdadeira união do Thrash com o Hardcore.

D.F.C.:
Uma das bandas brasileiras mais respeitadas pela galera punk e metal, e sem duvida o D.F.C. de Brasília, com temas fortes criticando a sociedade brasileira, eles merecem toda a atenção do mundo.

Ratos de Porão:
Com certeza a banda brasileira mais famosa de Crossover. Liderada por João Gordo e com mais de 30 anos de estrada, já foram chamados de traidores pelos punks, pelo fato de colocar Thrash Metal em seu som.

Lobotomia:
A frase é: ‘A força do império sufoca você e até os mais fortes começam a tremer’, outra banda nacional que merece ser lembrada.

Discharge:
A poderosa banda da Grã-Bretanha que influenciou meio mundo. Sempre chamaram a atenção pelo o que eles falavam em suas letras há mais de 30 anos atrás. Primeira banda a aliar o Heavy Metal e o Punk.

English Dogs:
Desde de 1982, o English Dogs merece o respeito por nunca ter parado, começou punk e foi ficando cada vez mais metal com o passar dos anos, e hoje tem o respeito das duas tribos.


Death Rock:


Estilo que mistura o punk rock com o gótico, às vezes não deixando de fora a musica eletrônica. Tanto os Estados Unidos, como a Europa e a Austrália, tem vários adeptos nesse estilo. Muitas vezes as bandas não são parecidas umas com as outras, nem no som e nem no estilo. Temas como horror, sarcasmo e até liberdade de viver sem se preocupar com nada estão presentes no Death Rock, muitas vezes confundido com o Psychobilly e Surf Music; estilos tão diferentes.

Algumas bandas:

Christian Death:
Banda americana que sempre carregou o nome do Death Rock no mundo, suas letras tem ataque pesado à política americana e ao cristianismo. Muito comum em todos os eventos góticos.

London After Midnight:
A banda norte-americana que foi sensação no cenário gótico do final dos anos de 1990. Apesar do seu publico ser quase todo ligado dentro mundo gótico, eles tem a pegada pós-punk, que identifica a banda como Death Rock.

TSOL:
Considerada uma das mais importantes bandas Punk / Hardcore da Califórnia, o TSOL (True Sounds of Liberty) surgiu em 1979. Influenciados por bandas como Misfits e Sex Pistols, eles lançam seu primeiro auto-intitulado EP em 1981. Com o lançamento do disco, eles conseguem uma pequena repercussão, a banda é querida pelos punks, góticos e até surfistas. Algo difícil de explicar.

Misfits:
A banda de ‘Punk Rock’ de New Jersey, formada em 1977, no auge da era punk. O nome do grupo foi tirado do último filme de Marilyn Monroe. O Misfits ficou famoso pelas confusões, como uma vez que bateram nos músicos do Motley Crue e por serem queridos da galera do Metallica. O seu publico, é um dos mais variados que existe.
 
Turbo Negro:
A banda norueguesa foi chamada de Death Punk e muitas vezes simplesmente de Rock ‘n’ Roll. Surgida em 1988, seu maior sucesso é o álbum ‘Ass Cobra’ de 1995. O respeito é tanto que já foi lançado um CD tributo ao Turbonegro chamado ‘Alpha Motherfuckers’ (que tem as participações de nomes de peso como Queens Of The Stone Age, Supersuckers, Ratos de Porão, Nashiville Pussy, Motosierra, HIM, entre outros).

BALZAC:
Banda nipônica de Punk, Speed Metal e Death Rock. Qualquer semelhança com o Misfits não é mera coincidência, a banda de New Jersey deu total apoio aos japoneses. Um super-grupo! Começou com o nome Osaka Popstars. Diversão garantida! Mostrando o rock japonês para o mundo.

Alien Sex Fiend: 
A banda britânica, sempre recebeu total apoio no underground londrino e da chamada cena ‘batcave’, mas nunca conseguiram um estrelato. Sempre foram muito respeitados no Japão, suas influencias principais são: Alice Cooper, Iggy Pop e Bauhaus. Um dos últimos trabalho de estúdio foi lançado em 2004, no dia de Helloween, já que abanda sempre curtiu o lado sombrio da vida.

45490cookie-checkEstilos diferentes de Rock: STONER ROCK, CROSSOVER E DEATH ROCK
Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments